“Disruptive innovation”

casalEm dezembro passado a revista “The Economist” publicou o artigo intitulado “Disruptive innovation” – resumindo em uma linha o assunto abordado “a spate of start-ups offer alternatives to traditional divorce”.

Nessa nova onda de divórcios mais colaborativos, com uso inclusive da mediação, está um centro em Denver, dentre outros,  que oferece profissionais para fazer o divórcio extra judicial e com abordagem humanizada, não adversarial, relativamente rápido e com baixos custos (se comparado com o litígio nos EUA).

Os americanos são práticos e abertos a novas modalidades de resolução de conflitos, especialmente se apresentarem valores razoáveis para as partes envolvidas. Aqui no Brasil as mudanças culturais são mais lentas, mas se achar interessante a proposta saiba que no Brasil isso já é uma realidade via Práticas Colaborativas/advogados colaborativos.

http://www.economist.com/news/united-states/21711065-spate-start-ups-offer-alternatives-traditional-divorce-disruptive-innovation

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s